terça-feira, 24 de novembro de 2015

Bolsa de valores

Na relação que se estabelece no mercado de capitais, os investidores, ao emprestarem
seus recursos diretamente para as empresas, adquirem títulos, que representam as
condições estabelecidas no negócio, chamados de valores mobiliários. Podem ser títulos
de dívida, em que se estabelece uma relação de crédito entre as partes tomadora
e poupadora, como é o caso das debêntures, ou podem ser títulos patrimoniais, ou
de capital, em que os investidores se tornam sócios do negócio, com todos os direitos
e deveres inerentes, como é o caso das ações. Os investidores podem adquirir esses
valores mobiliários diretamente, ou indiretamente por meio de estruturas de investimento
coletivo, como os fundos ou clubes de investimento. Valores mobiliários,
fundos de investimento e companhias são assuntos que serão abordados em capítulos
específicos deste livro. investir na bolsa

As instituições financeiras que atuam como prestadoras de serviços não assumem a responsabilidade
pelo cumprimento das obrigações estabelecidas e formalizadas entre os emissores dos títulos e os investidores. Assim, a responsabilidade pelo pagamento dos
juros e do principal de uma debênture, por exemplo, é da emissora, e não da instituição
financeira que a tenha assessorado ou participado do processo de colocação
dos títulos no mercado. São participantes desse mercado, entre outros, os Bancos
de Investimento, as Corretoras e Distribuidoras de títulos e Valores Mobiliários, as
entidades administradoras de mercado de bolsa e balcão, além de diversos outros
prestadores de serviços. bolsa de valores


Em síntese, uma empresa que esteja diante da necessidade de novos investimentos
possui três possíveis fontes para captação de recursos. A escolha de uma das alternativas
é uma decisão financeira e estratégica da empresa, que deverá avaliar os
custos e benefícios de cada opção:
.. Utilização de recursos próprios, como os lucros acumulados pela companhia.
.. Contratação de financiamento bancário, através das linhas de crédito tradicionais
ou linhas de financiamento governamentais, como o BNDES.
.. Utilização do mercado de capitais, por meio de emissão pública de títulos
diretamente aos investidores na bolsa de valores

Do ponto de vista dos investidores, o mercado de capitais surge como alternativa às
aplicações tradicionais em produtos oferecidos pelos bancos ou pelo governo. É nesse
mercado que os poupadores têm a oportunidade de participar de empreendimentos
que consideram interessantes, desde que dispostos a assumir os riscos daí decorrentes.
Espera-se, em especial nos títulos patrimoniais, uma rentabilidade superior aos
investimentos tradicionais, embora com risco também superior. Isso porque, diferente
do mercado de crédito, em que o risco das operações é centralizado nos bancos,
no mercado de capitais o risco da operação em que os recursos são aplicados é assumido
pelos próprios investidores. hidroponia   como fazer hidroponia

Conceitua-se o mercado de capitais, portanto, como o segmento do mercado financeiro
em que são criadas as condições para que as empresas captem recursos diretamente
dos investidores, através da emissão de instrumentos financeiros, com o objetivo
principal de financiar suas atividades ou viabilizar projetos de investimentos. hidroponico

private blog  yoga para emagrecer  aula de ingles online  comprar goji berry   autoresponder gratis

Nenhum comentário:

Postar um comentário